Archipo.Wilson. Tecnologia do Blogger.
www.guiacoari.com

terça-feira, outubro 14, 2014

1º SARAU LITERÁRIO DA ESCOLA ESTADUAL IRACI LEITÃO HOMENAGEIA POETAS COARIENSES


Com o tema “O Talento de nossos alunos merece destaque”, a Escola Estadual Iraci Leitão, no município de Coari, realizou na última sexta-feira (10), o seu 1º Sarau Literário. O evento contou com a participação de 150 estudantes dos anos finais do 1º e 2º Ciclos da unidade escolar, com homenagem aos poetas coarienses Archipo Góes, Chagas Simeão e Sula dos Santos. O sarau foi resultado da Oficina de Reforço Escolar em Língua Portuguesa e de três projetos de leitura realizados na escola: Envelope da Leitura, Sacola Mágica da Leitura e Estrela da Leitura.
O sarau literário é um evento de grande importância dentro do contexto escolar, pela sua relevância e pelo envolvimento dos educandos em atividade prazerosa, que desperta o interesse pela leitura e produção de textos. 

A palavra “sarau” tem origem do termo latino serus (relativo ao entardecer), porque aconteciam, em geral, no fim do dia. Muito comum no século XIX, os saraus vêm sendo resgatados e reinventados pelas escolas, como uma maneira de fortalecer a identidade da comunidade escolar, promovendo a integração de todos, inclusive dos pais de alunos.
O sarau, além de incentivar a leitura e a criatividade, valoriza os talentos culturais dos alunos, atraindo os seus familiares. É um evento cultural em que as pessoas se encontram para expressar ou se manifestar artisticamente.

Foi nesse contexto que aconteceu o 1º Sarau Literário da Escola Estadual Iraci Leitão, realizado na última sexta-feira (10), às 18h. Na ocasião, houve exposição de textos produzidos, pelos alunos, nas oficinas de Leitura e Produção de Poemas, incluindo Literatura de Cordel; Escrita e Leitura de Bilhete; Análise, Leitura e Desenho de Figuras; e Escrita e Leitura de Convite. Teve também Varal de Poesia e Mesa de Leitura, com a participação de Chagas Simeão, um dos poetas homenageados no sarau, e a apresentação de parlendas, jogral, danças, música ao vivo e recital de poesia.
 
“A proposta de realizarmos o primeiro Sarau Literário da nossa escola foi consolidada na Oficina de Reforço Escolar em Língua Portuguesa, mas a ideia já vinha fazendo parte das nossas discursões sobre a necessidade de inserirmos no currículo escolar, um projeto que contribuísse, efetivamente, para que os alunos conhecessem e utilizassem elementos constitutivos da linguagem de forma reflexiva e funcional, assim como, criar um compromisso coletivo entre a escola e a comunidade escolar em ações de promoção da leitura, da escrita e da oralidade”, explicou a gestora da Escola Iraci Leitão, Nailza da Silva Moriz.

Segundo a gestora, a base para a realização do sarau foram os projetos de incentivo à leitura desenvolvidos na escola. Através do Envelope da Leitura, por exemplo, semanalmente, cada aluno recebe, da coordenação do projeto, um envelope com livros ou textos de temas diversos. “No final de semana os estudantes levam os envelopes para casa e fazem leitura individual. Depois, são sorteados para socializar o conteúdo lido com toda a turma”, conta.
O Sacola Mágica da Leitura vem incentivando a leitura em casa, por meio dos pais. “Fizemos reuniões e os pais ou responsáveis se comprometeram em cobrar de seus filhos a leitura diária de qualquer livro ou revista nem que seja por meia hora”.
Por fim, o projeto Estrela da Leitura também contribuiu para a culminância do 1º Sarau Literário do Iraci Leitão. Nesse projeto, os alunos são motivados ao contato com os livros, através da leitura premiada. Com isso, explica Nailza, os estudantes ficaram em maior contato com os livros, estimulando-os à constante leitura. “Os alunos que mais lerem, serão premiados no final do ano. Para comprovar a leitura, eles respondem a fichas sobre o conteúdo do livro lido”, pontuou a gestora.

Encontro com poetas
 
Na quarta-feira (08), a escola promoveu um encontro com os escritores homenageados no 1º Sarau Literário, no qual os alunos tiveram a oportunidade de conhecer melhor sobre a vida e a obra dos escritores.




 
Ausência
 
O autor Archipo Góes, não participou das atividades do sarau literário em decorrência do mesmo ter sido convidado para participar da programação da 2ª Feira do Livro, na Livraria Valer, em Manaus, onde o escritor coariense Francisco Vasconcelos lançou a 4ª edição do livro “O Regime das Águas”.
 




Por: Daniel Almeida

segunda-feira, setembro 08, 2014

Projeto Envolva-se recebe inscrições para oficinas gratuitas

Projeto Envolva-se recebe inscrições para oficinas gratuitas
Em Coari, a oficina acontece no dia 11 de setembro

Seguem abertas as inscrições para a série de oficinas oferecidas pelo Projeto Envolva-se – Práticas para a Cidadania. A iniciativa está rodando o país com o propósito de estimular o protagonismo e a promoção de ações que contribuam para a melhoria da qualidade de vida da população brasileira.
A próxima oficina acontece no dia 11 de setembro na cidade de Coari, Amazonas, no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFAM). As inscrições podem ser feitas por meio do site www.envolva-se.com, ou pelo fone (51) 3019-3913 (com ligação a cobrar), ou email contato@envolva-se.com. Estão convidados a participar, além dos cidadãos moradores da região, lideranças comunitárias, empresários, representantes do governo, etc.
No encontro, que acontece das 8h às 18h, serão trabalhadas, de forma prática, questões que envolvem cidadania e comunicação. Além de dinâmicas interativas, a oficina promoverá o diálogo entre comunidade, governo, empresas, sociedade civil organizada e cidadãos interessados em contribuir para melhorar a qualidade de vida de cada região.
A inscrição é gratuita e inclui almoço para os participantes.
Depois de Coari, no dia 13 de setembro, o Envolva-se passa por Manaus, e no dia 17, em Carauari, também no Amazonas. Já foram realizadas oficinas em Araucária, no Paraná, em Betim e região, em Minas Gerais, em Mauá, São José dos Campos e Caraguatatuba, em São Paulo, em Maceió, Alagoas, e Aracajú, no estado de Sergipe, em Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco, em Itaboraí e Macaé, no Rio de Janeiro, em Canoas, no Rio Grande do Sul, em Valença, São Francisco do Conde e Alagoinhas, na Bahia, em Mossoró, no Rio Grande do Norte, em Fortaleza, no Ceará, e em São Mateus e Vitória, no Espírito Santo.
“Por meio do Envolva-se, a intenção é valorizar as histórias de transformação local em diferentes regiões do país, fazendo com que a população perceba que a mudança também está em suas mãos, tirando-a da posição de espectadora. Para isso, a oficina proporcionará um espaço de diálogo entre representantes da comunidade, governo, empresas, sociedade civil e cidadãos”, explica Cristiane Ostermann, diretora da empresa Signi Estratégias em Responsabilidade Social, parceira do projeto.
Durante a oficina, a comunicação comunitária também será apresentada como uma ferramenta de mobilização e de formação da consciência do trabalho coletivo. “O desenvolvimento das comunidades por meio da comunicação faz sentido numa época em que o uso das tecnologias e das redes sociais é crescente. Atividades como as propostas pelo Envolva-se fortalecem o propósito de avanços sociais em seus diferentes níveis”, argumenta Neusa Ribeiro, vice-presidente do Instituto de Comunicação Social e Cidadania (Incomun).
O projeto é uma realização do Instituto de Comunicação Social e Cidadania (Incomun), em parceria com a empresa Signi e com o patrocínio da Petrobras.


AGENDA
Oficina Coari e região
Dia 11 de setembro, das 8h às 18h
Local: auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFAM) - Campus Coari – (Estrada Coari-Itapéua, s/n, Km 02 - Itamaraty, Coari, AM)

quarta-feira, junho 25, 2014

Educa Mais Brasil seleciona para mais de cinco mil bolsas em faculdades no Amazonas



O processo seletivo do Educa Mais Brasil para 2014.2 está com inscrições abertas em Coari, com bolsas de estudo parciais (de até 50%) para graduação EAD. Para concorrer, os interessados devem realizar a inscrição gratuitamente através do site www.educamaisbrasil.com.br. Em todo o Estado do Amazonas, estão sendo disponibilizadas mais de cinco mil vagas para graduação, pós-graduação e cursos técnicos nos sete municípios onde o programa atua.
 
 “Nosso principal critério de seleção é a impossibilidade de arcar com as mensalidades integrais, e esse item é avaliado através do questionário socioeconômico preenchido no momento da inscrição. Além disso, no caso da graduação é necessário que o candidato esteja há pelo menos 6 meses sem estudar”, explica Luciana Amâncio, Coordenadora de Comunicação do Educa Mais Brasil.
 
O programa, que está há 10 anos no cenário educacional brasileiro, já beneficiou cerca de 3 mil estudantes amazonenses em todas as modalidades de ensino, inclusive o ensino básico, que engloba educação infantil, ensino fundamental e médio. Mais informações estão disponíveis na página oficial www.educamaisbrasil.com.br ou através da central de atendimento: 0800 724 7202| 4007 2020 (capitais e regiões metropolitanas).

quarta-feira, junho 04, 2014

Tribunal de Contas do Amazonas reprova contas das câmara municipais de Coari

Decisão foi tomada nesta quarta (4) pelo pleno do TCE-AM - foto: divulgação/TCE
Decisão foi tomada nesta quarta (4) pelo pleno do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas – foto: divulgação/TCE

O pleno do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) reprovou as contas do ex-presidente da Câmara Municipal de Coari, Iranilson da Silva Medeiros, do exercício de 2012, e o condenou a devolver aos cofres públicos, entre multas e glosas, o montante de R$ 150 mil.
O gestor não entregou a prestação de contas e o TCE teve de ir à Câmara tomá-las, conforme prevê a legislação da corte.
Baseado no relatório técnico da Secretaria Geral de Controle Externo e no parecer do Ministério Público de Contas, o relator do processo, conselheiro Érico Desterro, identificou diversas irregularidades na prestação de contas de Iranilson da Silva.
Entre as irregularidades constam impropriedades encontradas em licitações e contratos, em processos de pagamento e em processos de diárias.
Na mesma sessão, o ex-presidente da Câmara Municipal de Itamarati, Haroldo Gomes Maia, decidiu pela irregularidade nas contas do gestor, que foi multado em R$ 11 mil pelas irregularidades encontradas na prestação e terá o prazo de 30 dias para pagamento do multa ou recorrer da decisão.
O colegiado também decidiu pela irregularidade da prestação de contas do Termo do Convênio 42/2012, firmado entre a Prefeitura de Borba, representada pelo ex-prefeito Antônio José Muniz Cavalcante, e o Amazonas, por intermédio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (SEC), representada pelo titular da pasta, Robério Braga.
O pleno aplicou uma multa de R$ 32 mil ao ex-prefeito, que terá o prazo de 30 dias para pagar a multa.

Fonte: Assessoria do TCE-AM

Criatividade Coariense

Isso é em Coari, a cidade mais rica do interior do Amazonas. Essa árvore foi plantada na "Rua da Paz" - Santa Helena, pelos seus moradores que não aguentam mais as crateras na rua.

terça-feira, junho 03, 2014

STJ nega habeas corpus para libertar Adail

laurita 

Após as tentativas frustradas junto ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), os advogados de Adail impetraram habeas corpus, com pedido de liminar, no Superior Tribunal de Justiça (STJ) na tentativa de libertar o prefeito de Coari, Adail Pinheiro, afastado do cargo e preso há quase quatro meses. O habeas corpus foi negado pela ministra relatora do processo , Laurita Vaz, no dia 16 de maio. Em sua decisão, a ministra lembrou que o prefeito “foi denunciado, com outros corréus, pela suposta prática dos crimes de estupro de vulnerável, nas modalidades tentada e consumada, exploração sexual de vulnerável e comando de organização criminosa”.

A ministra destacou ainda a decretação da prisão do prefeito e dos outros acusados pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJAM). “Com efeito o Tribunal de origem ressaltou que o Paciente e demais corréus vêm infundindo temor entre as vítimas”, disse Laurita Vaz, reafirmando ainda a competência do Tribunal de Justiça para decisões que dizem respeito aos processos que envolvem o prefeito Adail Pinheiro (ver decisão). (Any Margareth)

Pedido de habeas corpus Adail

Fonte:  Radar Amazônico

TJAM aceita denúncia contra Adail Pinheiro por exploração sexual de menores em Coari

Os desembargadores aceitaram a denúncia do Ministério Público do Amazonas contra o prefeito afastado de Coari, Adail Pinheiro (PRP), e mais seis pessoas, por participarem de rede de exploração sexual.

 Tribunal de Justiça do Amazonas
O pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas aceitou, por unanimidade, a denúncia contra Adail (Euzivaldo Queiroz)

 O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) aceitou, por unanimidade, a denúncia do Ministério Público do Estado contra o prefeito afastado de Coari, Adail Pinheiro (PRP), por suspeita de participar de uma rede de exploração sexual contra crianças e adolescentes na cidade, localizada a 363 quilômetros de Manaus.

O voto do relator do processo, desembargador Rafael Romano, foi seguido por todos desembargadores. Na denúncia do MP-AM, Adail é acusado por estupro de vulnerável e os outros seis réus, então funcionários da Prefeitura de Coari, são acusados por aliciamento.

Os sete também são acusados de compor uma organização criminosa, já que, segundo o Ministério Público, utilizavam a estrutura do Poder Executivo para financiar e promover exploração sexual de menores. As vítimas, segundo o MP, tinham idades entre 9 e 14 anos.

Na decisão, os desembargadores também mantiveram a prisão de Adail e dos outros seis réus, negando o pedido feito pela defesa para que todos respondessem penalmente pelos crimes em liberdade. Os advogados de Adail Pinheiro e dos outros acusados deverão responder às acusações aceitas pelo TJAM.

 Fonte: Acrítica

quarta-feira, maio 21, 2014

Academia promove ciclo de palestras sobre o teatro e a ficção de Márcio Souza


 Academia Amazonense de Letras

Fundada em 1°de janeiro de 1918

Academia promove ciclo de palestras sobre o teatro e a ficção de Márcio Souza


 Tendo como base o livro O mostrador da derrota – estudos sobre o teatro e a ficção de Márcio Souza (UEA Edições, 2013), organizado pelos professores doutores Allison Leão e Marcos Frederico Krüger, a Academia Amazonense de Letras, dentro do projeto Sábado na Academia, promoverá um ciclo de debates sobre a obra de um de seus membros mais notáveis, que este ano completa exatos 10 anos de ingresso naquele silogeu.
Desde o lançamento de Galvez, o imperador do Acre, em 1976, o amazonense Márcio Souza tem se destacado na cena literária brasileira. Versátil, transitando por diversas formas de expressão, sua obra já teve inúmeras leituras críticas, inclusive dentro das universidades, onde foi tema de dissertações e teses, além de obter ampla repercussão na imprensa especializada.
A Academia Amazonense de Letras convidou os professores que participaram do livro, com ensaios sobre o trabalho de Márcio Souza, e, em quatro sábados, abrirá suas portas, sempre às 10h, para debater a obra do ficcionista e dramaturgo. A programação é a seguinte:

• 17 de maio - “A sinuosa escrita divina por rios, ruas e becos”
ü   Prof. Esp. José Almerindo Alencar da Rosa

• 24 de maio - “As antilições do riso: O brasileiro voador”
ü   Prof. Dr. Allison Leão
                     - “Galvez, Imperador do Acre: uma leitura”
ü   Prof.ª Dr.ª Neide Gondim

• 31 de maio - “Operação: Silêncio”
ü   Prof.ª Ma. Nicia Zucolo
                     - “Entre as margens da teoria e a correnteza da fantasia: um estudo sobre O Fim do Terceiro Mundo
ü   Prof.ª Ma. Vânia Pimentel

• 07 de junho - “Deuses, heróis, bufões: uma dramaturgia Amazônica”
ü   Prof. Me. e Acadêmico Zemaria Pinto
     - “Um mito teatralizado: A Paixão de Ajuricaba”
ü   Prof. Dr. Marcos Frederico Krüger

A entrada é franca, mas a Academia fornecerá aos interessados, mediante pagamento de uma taxa de R$ 10,00, certificados de participação, que podem ser usados como horas complementares.
A Academia Amazonense de Letras fica na rua Ramos Fereira, 1009, esquina com rua Tapajós, no Centro histórico de Manaus.
Mais informações: 3342-5381 e 3343-6309; acadam@ig.com.br

terça-feira, maio 13, 2014

POESIA – COARI


Coari que palavras flutuam
Na mente de sua gente?
Da pacata terra da banana,
Hoje parece só gente cigana.

Da inocência acanhada e peculiar,
Suas festas a celebrar.
Desde a primeira festa do arraiá,
Rainha igual a GERLANE não há!

Buraco do Médio Solimões,
“Ouro Negro” corrompendo corações.
De suas entranhas a jorrar
No estalar dos canos a transportar.

Povo aguerrido
Junte o coração partido,
Malfeitores a lhe usurpar,
É hora de lhes erradicar.

Pardieiros e palafitas,
Terra das mulheres bonitas.
Seu sono sem sonho,
Sua gente em rebanho.

Retome o destino
Celerado não é Curupira,
Descubra pelo tino
Ser caboclo é alça de mira.

Hora certa
Porta aberta,
Demônio extirpado
Respire aliviado.


Celson Lima 09.05.2014

sábado, maio 10, 2014

População Coariense não adere à manifestação pró-Adail e diz não a tentativa de justificar a pedofilia.


Manifestação intitulada “Movimento Popular Pela Democracia Coariense”, organizada por secretários e servidores públicos do primeiro escalão da Prefeitura de Coari reuniu cerca quatrocentas pessoas na Praça Getúlio Vargas (Praça do Cristo).

Que Ironia !  Mães Legitimando a Pedofilia
No amanhecer do dia deste sábado (10), a população foi acordada com uma grande rajada de fogos, o que causou especulações, pois simpatizantes do prefeito preso e afastado de Coari, Manoel Adail Amaral Pinheiro (PRP), haviam espalhados pela cidade comentários de que está semana o mesmo seria solto. Mas logo se ficou sabendo que os fogos que foram ouvidos em toda a cidade, faziam parte das atividades do movimento popular pela democracia coariense que realizaria um ato publico, na manhã de hoje(10), pedindo a soltura de Adail Pinheiro.

Informações vindas dos próprios servidores da Prefeitura Municipal de Coari dão conta que durante toda semana secretários e servidores públicos do primeiro escalão do Governo de Adail Pinheiro realizaram reuniões em todas as secretarias, nas quais os servidores eram convocados para aderirem ao movimento em prol à soltura do “Chefe”. Fato comprovado por mensagens de texto enviadas, via WhatsApp, para milhares de usuário coariense dessa rede social.
Mensagem convidando a população no WhatsApp

Por volta de oito horas da manhã um pequeno grupo com aproximadamente 50 motos e três carros de som saíram em carreata pelas ruas da cidade chamando a população para participar do ato público.
Carreata inexpressiva dos correligionários de Adail
Mesmo com toda essa mobilização, tanto a carreata como o ato publico que tinha uma expectativa de reunir 20 mil pessoas teve pouca adesão da população. E ao contrário que a nota oficial da Prefeitura de Coari divulgou em nome da Associação das Mulheres Guerreiras de Coari ▬ que de uma hora pra outra virou ONG, e apresentou-se como a organizadora do evento, de que 10 mil pessoas haviam participado da manifestação, contudo as imagens registradas de vários ângulos da Praça Getúlio Vargas e pelo método utilizado por especialistas para contagem de multidões, em que um metro quadrado é ocupado por quatro pessoas, no espaço utilizado pelos manifestantes só poderia ter cerca de 400 pessoas.

Uma Visão Geral da Manifestação Pífia.
Durante o ato público na Praça do Cristo foi utilizado um trio elétrico da empresa de sonorização da família Tiradentes, que está a serviço da Prefeitura de Coari nos vários eventos institucionais, de onde as chamadas “Mulheres Guerreiras” e outras lideranças, inclusive funcionários da Secretaria Municipal de Comunicação fizeram discursos inflamados pela volta de Adail Pinheiro, motivando os demais manifestantes a evocar o nome de Adail Pinheiro, e dar gritos de ordem com: “Respeitem o nosso voto, chega de perseguição!” e erguiam faixas e cartazes com dizeres como: “Adail, Volte Logo !”.


Pequena manifestação com faixas "Volte Logo"

A não adesão ao movimento demonstra que a população coariense e principalmente os servidores da Prefeitura de Coari não aceitam mais serem usados como massa de manobra do grupo de Adail Pinheiro e a indignação veio principalmente através das redes sociais, onde os usuários ficaram mostraram estarem decepcionados com essa infeliz tentativa de demonstrar que em Coari todo mundo é favor da pedofilia e que apoia Adail Pinheiro.

segunda-feira, abril 21, 2014

O Poder da Saudade

Archipo Góes

A “Noite Escura” fica cada vez mais linda
E levou o universo a conspirar
Uma forma de te reencontrar.
Mas, o mais triste é que nós sempre destruímos,
Das varias formas, o que mais amamos.

Saudades de quando éramos somente felizes.
O nosso amor era sempre novo
Sem ressentimentos, sem culpas.
Saudades do teu olhar carinhoso,
Dos teus acalantos afetuosos.
Só você me fazia melhor.
Você foi o meu erro mais gostoso.
Minha fantasia mais ousada.

Dói-me ser apenas por uma noite...
Uma noite em nosso reencontro antes sua partida
Queria-te por inteira, mas
Era perigoso conviver com tuas ilusões.
Mesmo assim, sinto saudades de quando
Você me chamava de seu.

Saudades...
Mas ela aprisionou... eu libertei.
Ela adormeceu nossa paixão... eu despertei.
Vigiava-me querendo aprender.
Como mesmo eu morrendo por seu amor,
Voltava a amar novamente pra sobreviver.

sábado, abril 19, 2014

O Cara de Informática


Essa é pra todo mundo que trampa com informática… Precisam nos conhecer melhor!

“O cara da informática”. Confiram:
1 – O CARA DA INFORMÁTICA dorme. Pode parecer mentira, mas este precisa dormir como qualquer outra pessoa. Esqueça que ele tem celular e telefone em casa, ligue só para o escritório;
2 – O CARA DA INFORMÁTICA come. Parece inacreditável, mas é verdade. Ele também precisa se alimentar e tem hora para isso;
3 – O CARA DA INFORMÁTICA pode ter família. Essa é a mais incrível de todas: mesmo sendo profissional desta área, a pessoa precisa descansar nos finais de semana para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar em informática, impostos, formulários, concertos e demonstrações, manutenção, vírus e etc;
4 – O CARA DA INFORMÁTICA, como qualquer cidadão, precisa de dinheiro. Por essa você não esperava, né? É surpreendente, mas ele também paga impostos, compra comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, e ainda consome Lexotan para conseguir relaxar. Não peça aquilo pelo que não pode pagar ao CARA DA INFORMÁTICA;
5 – Ler, estudar também é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada. Quando um CARA DA INFORMÁTICA está concentrado num livro ou publicação especializada ele está se aprimorando como profissional, logo trabalhando;
6 – De uma vez por todas, vale reforçar: O CARA DA INFORMÁTICA não é vidente, não joga tarô e nem tem bola de cristal, pois se você achou isto demita-o e contrate um paranormal ou Detetive. Ele precisa planejar, se organizar e assim ter condições de fazer um bom trabalho, seja de que tamanho for. Prazos são essenciais e não um luxo. Se você quer um milagre, ore bastante, faça jejum e deixe o pobre do CARA DA INFORMÁTICA em paz;
7 – Em reuniões de amigos ou festas de família, o CARA DA INFORMÁTICA deixa de ser profissional e reassume seu posto de amigo ou parente,
exatamente como era antes dele ingressar nesta profissão. Não peça conselhos, dicas, ele tem direito de se divertir;
8 – Não existe apenas um ‘levantamentozinho’ , uma ‘pesquisazinha’ , nem um ‘resuminho’, um ‘programinha pra controlar minha loja’, um ‘probleminha que a máquina não liga’, um ‘sisteminha’, uma ‘passadinha rápida’ (aliás conta-se de onde saímos e até chegarmos), pois OS CARAS DA INFORMÁTICA não resolvem este tipo de problema. Levantamentos, pesquisas e resumos são frutos de análises cuidadosas e requerem atenção, dedicação. Esses tópicos podem parecer inconcebíveis a uma boa parte da população, mas servem para tornar a vida do CARA DA INFORMATICA mais suportável;
9 – Quanto ao uso do celular: este é ferramenta de trabalho. Por favor, ligue, apenas, quando necessário. Fora do horário de expediente,
mesmo que você ainda duvide, o CARA DA INFORMÁTICA pode estar fazendo algumas coisas que você nem pensou que ele fazia, como dormir ou namorar, por exemplo;
10 - Pedir a mesma coisa várias vezes não faz o CARA DA INFORMÁTICA trabalhar mais rápido. Solicite, depois aguarde o prazo dado por ele;
11 – Quando o horário de trabalho do período da manhã vai até 12h, não significa que você pode ligar às 11h58min. Se você pretendia cometer essa gafe, vá e ligue após o horário do almoço (relembre o item 2). O mesmo vale para a parte da tarde, ligue no dia seguinte;
12 – Quando o CARA DA INFORMÁTICA estiver apresentando um projeto, por favor, não fique bombardeando com milhares de perguntas durante o atendimento. Isso tira a concentração, além de torrar a paciência. ATENÇÃO: Evite perguntas que não tenham relação com o projeto;
13 – O CARA DA INFORMÁTICA não inventa problemas, não muda versão de Windows, não tem relação com vírus, não é culpado pelo mal uso de equipamentos, internet e afins. Não reclame! Com certeza fez o possível para você pagar menos. Se quer emendar, emende, mas antes demita o CARA DA INFORMÁTICA e contrate um quebra galho;
14 – OS CARAS DA INFORMÁTICA não são os criadores dos ditados ‘o barato sai caro’ e ‘quem paga mal paga em dobro’. Mas eles concordam;
15 – Agora, depois de aprender sobre O CARA DA INFORMÁTICA, repasse aos seus amigos, afinal, essas verdades precisam chegar a todos. O CARA agradece.